Santos recebe submarino que fez descoberta da ‘Atlântida brasileira’

Um grupo de pesquisadores brasileiros e japoneses e representantes da JAMSTEC (Japan Agency for Marine-Earth Science and Technology – Agência Japonesa de Ciência e Tecnologia da Terra e do Mar) estiveram em Santos entre os dias 24 e 26 de maio para divulgar as pesquisas com o submarino “Shinkai 6500″. A Associação Japonesa de Santos realizou uma recepção com um almoço no dia 26 de maio, que contou com a presença de autoridades da comunidade nipo-brasileira.

Recentemente, a expedição realizada em conjunto entre os dois países teve repercussão mundial ao descobrir a existência de granito no Oceano Atlântico, dentro da costa territorial brasileira, na região conhecida como Elevação do Alto Rio Grande. Como esse tipo de rocha é associado à área continental, acredita-se que é uma parte da plataforma continental brasileira que se desprendeu e afundou com o movimento das placas tectônicas. A descoberta foi chamada pela imprensa de “Atlântida brasileira”.

O Shinkai 6500, principal submarino de pesquisa tripulado do mundo, pode alcançar até 6500 metros de profundidade, custou cerca de US$ 130 milhões ao governo japonês e faz pesquisas em águas profundas desde 1991. A escala no Porto de Santos fez parte do desafio “Quelle 2013 – Busca pelos Limites da Vida”, que percorre o mundo pesquisando o ecossistema em ambientes extremos de águas profundas. Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) estão entre os que participaram da jornada.

A recepção foi realizada na sede da entidade. O prato servido no almoço foi a feijoada, preparada pelo departamento feminino da Associação, além de uma variedade de frutas e doces. Dentre as autoridades estavam o cônsul geral do Japão em São Paulo, Noriteru Fukushima; o diretor de pesquisas da JAMSTEC, Dr. Hiroshi Kitazato; e o gerente de operações do “Shinkai 6500″ da Nippon Marine Enterprises, Toshiaki Sakurai.

Visita JAMSTEC na Associação Japonesa - Almoço

Almoço de recepção dos pesquisadores da JAMSTEC na Associação Japonesa de Santos (Foto: Matheus Misumoto)

Veja a cobertura fotográfica da recepção no Flickr da Associação Japonesa de Santos

Estiveram presentes também representantes da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social (Bunkyo), Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo (Kenren), Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil (Kenren), Câmara de Comércio Brasil-Japão e Aliança Cultural Brasil-Japão.

Durante a cerimônia de recepção, a Associação Japonesa de Santos ofereceu à JAMSTEC uma placa em homenagem ao projeto “Quelle 2013 – Busca pelos Limites da Vida”. Em retribuição, os representantes da agência japonesa ofereceram às entidades nipo-brasileiras uma miniatura do submarino “Shinkai 6500″.

Visitação

O navio de suporte Yokosuka e o submarino tripulado de pesquisa “Shinkai 6500″ foram abertos à visitação para a imprensa, pesquisadores e autoridades enquanto esteve atracado no Porto de Santos.

Na cabine de comando, os visitantes tiveram uma explicação sobre o projeto e sobre a tecnologia utilizada no navio de suporte Yokosuka. Logo depois, a área do navio onde fica o submarino de pesquisa “Shinkai 6500″. No local, os pesquisadores e técnicos explicavam aos visitantes detalhes dos recursos e do funcionamento do submarino, que possui câmeras de TV de alta definição, braços articulados para extração de materiais e se comunica com a superfície por ondas sonoras. Diversos objetos extraídos do oceano para pesquisa, além de fotos e painéis também estavam expostos.

Após a saída do Porto de Santos, o navio segue para reabastecimento no Rio de Janeiro e fará uma escala no Mar do Caribe, antes de voltar ao Japão.

Submarino de pesquisa Shinkai 6500

Submarino de pesquisa Shinkai 6500 (Foto: Matheus Misumoto)

Texto publicado no site da Associação Japonesa de Santos / CC BY 3.0. Link original.

Imagem destaque: Submarino de pesquisa Shinkai 6500 (Foto: Matheus Misumoto)

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

FOLLOW ME

  • Twitter
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Flickr
  • YouTube
  • Google+
  • Campuse.ro
  • RSS