JAM Project no Brasil

Montagem - JAM Project World Flight 2008 ~No Border~

Recentemente atualizei o meu Flickr com um pacote de fotos do show do grupo JAM Project, durante passagem pelo Brasil na primeira turnê mundial do grupo, “No Border”. Aliás, diga-se de passagem, o meu grupo favorito.

O JAM Project é o principal grupo expoente dos AnimeSongs, um gênero musical que inclui as trilhas sonoras de desenhos animados (animês), seriados de ação (tokusatsus) e jogos de videogames japoneses. “JAM” é a sigla para “Japan Animationsong Makers”, ou “criadores de músicas de animações do Japão”.

O grupo foi criado em 2000, com o propósito de resgatar e preservar as características do gênero. Os animês e tokusatsus tinham suas músicas compostas especialmente para eles, com letras que faziam referência a série. Mas durante o grande boom mundial da animação japonesa nos anos 90, a indústria fonográfica começou a usar os animês para promover seus artistas, assim como as produtoras utilizariam músicos conhecidos para alavancar o sucesso das séries.

Desde o começo, o grupo é liderado por Hironobu Kageyama. Mesmo que você não seja adepto dos animês e tokusatsus, já deve ter ouvido algum trabalho dele. Ele canta a música-tema dos tokusatsus Esquadrão Relâmpago Changeman (Dengeki Sentai Changeman), Maskman, e dos animês Dragon Ball Z e Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya, a segunda abertura). É o cantor mais popular do mundo no gênero, e é também conhecido como “príncipe dos animesongs”.

Fazem parte do grupo também:

  • Masaaki Endoh: conhecido como “o jovem leão dos animesongs”. Canta os temas de Bakuryuu Sentai Abaranger (conhecido pelo remake norte-americano Power Rangers Dino Trovão), Street Fighter II V, Cowboy Bebop, Cybuster, dentre outros.
  • Hiroshi Kitadani: cantor dos temas de One Piece e de Madan Senki Ryuukendo, exibido recentemente pela RedeTV!
  • Yoshiki Fukuyama: voz do personagem Nekki Basara cantando na série Macross 7. No Brasil, ganhou a simpatia do público com o bordão “Tá foda!”.
  • Masami Okui: atualmente a única representante feminina do grupo (a outra cantora, Rica Matsumoto, se afastou do grupo no início de 2008), canta em carreira solo os temas de “Bakuretsu Hunter”, “Slayers”, “Utena” e “Yu-Gi-Oh!”.
  • Ricardo Cruz: brasileiro, é membro-convidado do grupo. Ingressou depois de ganhar um concurso no Japão promovido pelo próprio JAM Project. Sua primeira participação se deu com a música “Gong”, tema de um dos jogos de videogame da franquia Super Robot Wars, e participa das turnês pelo Japão.

JAM Project World Flight 2008 ~No Border~ em São Paulo

Eu e o grupo JAM Project (com autógrafos)

Em 2008, o JAM Project fez sua primeira turnê mundial, “No Border”. O nome não é por acaso. Tem toda uma relação com a primeira aventura do grupo ao redor do globo, e o poder dos AnimeSongs, que quebraram fronteiras de países, de idiomas e de faixas etárias.

A turnê passou pelos Estados Unidos, México, Coréia do Sul, China (Pequim, Xangai e Hong Kong), Taiwan, Europa, e pelo Brasil. Por aqui, o show foi realizado durante o Anime Friends 2008, no dia 20 de julho. Somente o show teve um público superior a 7000 pessoas, de diversas partes do País. Todos cantando ao som de sucessos do grupo e de cada membro individualmente.

Esses shows de cantores tradicionais de AnimeSongs formam uma imagem muito legal. Gente de vários lugares, de várias idades (basicamente de 13 a 30 anos), cantando músicas de desenhos animados, cantadas em outro idioma por um cantor que veio do outro lado do mundo. E detalhe: esses cantores geralmente possuem mais de 40 anos. Músicas que marcaram ou ainda marcam suas infâncias, suas vidas.

Por isso, a passagem da turnê por São Paulo foi o cenário para o documentário em curta-metragem “Geração AnimeSongs: o poder das músicas dos desenhos animados japoneses”, o qual orgulhosamente fiz como TCC de Jornalismo. Mas os detalhes disso ficam para um próximo post.

Setlist: JAM Project World Flight 2008 ~No Border~ in São Paulo

1. Rocks
2. STORMBRINGER
3. No Border
4. CRUSH GEAR FIGHT
5. GARO ~SAVIOR IN THE DARK~
6. Bakuryu Sentai Abaranger (Masaaki Endoh)
7. Rondo ~revolution~ (Masami Okui)
8. Dengeki Sentai Changeman (Hironobu Kageyama)
9. Yakusoku no Chi (Acústico)
10. In my heart (Acústico)
11. Angel Voice (Yoshiki Fukuyama)
12. We Are! (Hiroshi Kitadani)
13. Battle Communication
14. PORTAL
15. Break Out
16. Genkai Battle
17. VICTORY
18. SOULTAKER
19. EC1 Hagane no Messiah ~2006 ver.~
20. EC2 GONG
21. EC3 SKILL

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

FOLLOW ME

  • Twitter
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Flickr
  • YouTube
  • Google+
  • Campuse.ro
  • RSS