Michael Jackson, 1 ano depois: a melhor homenagem que vi

Nesta sexta-feira (25) faz um ano do falecimento de Michael Jackson, vítima de parada cardíaca causada por medicamentos.

A melhor homenagem que vi aconteceu durante o Kouhaku Utagassen, da NHK. O programa consiste da batalha entre os vermelhos (akagumi), formado por mulheres ou grupos com vocalistas femininas, e os brancos (shirogumi), formado por homens ou grupos com vocalistas masculinos. Participam somente cantores renomadíssimos no Japão e convidados em um super concerto musical. Na época, fiz um post com comentários ao vivo no blog.

Na ocasião, o grupo SMAP foi convidado para dançar as músicas mais famosas do cantor, coreografado por Travis Payne, que trabalhou com Michael. Os integrantes do grupo foram grandes fãs do cantor na infância. Eles foram pegos de surpresa com a visita do Rei do Pop em seu programa de TV lá no Japão, em 2005.

No final, vários cantores que participavam do programa entraram no palco para cantar juntos a música Heal The World. Foi uma homenagem feita com uma super-produção televisiva, digna do Kouhaku Utagassen (um dos mais esperados em todo o ano pelos japoneses). E não é qualquer cantor estrangeiro que é homenageado no programa. É raro até aparições de estrangeiros dentre os convidados.

Prova da influência no Japão da obra de Michael Jackson, como retratado na página do instituto de estudos asiáticos da Universidade da Califórnia do Sul.

P.S.: O vídeo está em um site chinês, e por alguma razão algumas vezes ele não carrega direito. Mas é o único lugar que ainda mantém o vídeo no ar. Os demais retiraram por questões de direitos autorais.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

FOLLOW ME

  • Twitter
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Flickr
  • YouTube
  • Google+
  • Campuse.ro
  • RSS